TOLDOS BARCELONA COBERTURAS E VIDROS

rua Sud Menucci, 1445 / 1447 - Vila Camilopolis - Santo André - São Paulo

11 4220 1411   11 4224 1587

atendimento@toldosbarcelona.com.br / www.toldosbarcelona.com.br

reduz o calor

Conheça masi sobre os vidros habitat

reduz o calor

O MATERIAL ADEQUADO À SUA NECESSIDADE

Na hora de definir qual material será usado na sua cobertura, temos que pensar sobre as vantagens e desvantagens de cada opção.

A estrutura e os acabamentos são feitos sempre com ALUMÍNIO que recebe uma pintura especial - eletrostática (branco ou preto) e anodizada (bronze).

Não utilizamos, nem recomendamos, o uso do ferro galvanizado porque necessita de manutenção constante contra corrosão, reduz a vida útil da cobertura e tem acabamento inferior ao alumínio com pinturas especiais (eletrostática ou anodizada).

Policarbonato Alveolar

Leve, permite a iluminação natural e tem o custo mais baixo.

Não tem a resistência do policarbonato compacto ou do vidro, esteticamente é menos interessante, exige limpeza a cada 30 dias segundo o próprio fabricante e eleva a temperatura do ambiente, não permite a aplicação de película para redução de calor.

Usamos pouco o policarbonato compacto porque seu custo é similar ao vidro laminado, porém as vantagens do vidro em relação ao policarbonato são enormes, desde beleza, durabilidade e até com a manutenção para limpeza.

Atualmente temos usado o policarbonato com pouca frequência em relação ao vidro, além do policarbonato ser um material mais poluente desde a sua fabricação até o seu descarte.

Vidro Laminado

Um vidro que alia estética e segurança em um único produto. Composto por duas chapas de vidro - intercaladas por uma película plástica altamente resistente chamada PVB - bloqueia os raios UV, reduz ruídos externos e oferece segurança contra quebra e patrimonial.

Em caso de quebra os fragmentos do vidro ficam presos na película PVB, evitando ferimentos.

Deixa o ambiente mais silencioso, pois reduz a entrada de ruídos externos.

Bloqueia 99% dos raios UV, o que evita o desbotamento precoce dos móveis e danos à pele.

Segundo a NBR 7199 é considerado um vidro de segurança e deve ser aplicado em coberturas, fachadas, sacadas, guarda-corpos, portas e janelas.

Temos a opção do uso do vidro laminado refletivo cinza linha Habitat, fabricado pela Cebrace, que tem todas as vantagens do vidro laminado incolor mas com a vantagem especial de reduzir o calor no ambiente em até 70%, além de um visual muito elegante.

Com aspecto espelhado, oferece privacidade, pois inibe a visão de fora para dentro durante o dia sem prejudicar a visibilidade no interior do ambiente.

www.vidroshabitat.com.br - Site do fabricante com maiores informações sobre este produto.

ACM (alumínio composto)

Composto por duas chapas de alumínio e unidas por um núcleo de polietileno de baixa densidade, suficientemente rígido, leve, alta resistência termo-acústica e de fácil manutenção.

Reduz o calor no ambiente, dispensa lavagem com frequência e tem alta durabilidade.

Excelente opção com muita beleza, mas não permite iluminação natural, portanto seu uso dependerá do local à ser instalado.

 

CONCLUSÕES SOBRE OS MATERIAIS

 

O vidro laminado, incolor ou refletivo Habitat, e o ACM (alumínio composto) são opções muito mais duráveis e com pouca exigência de manutenção em relação ao policarbonato, que é um plástico.

O custo mais baixo do policarbonato alveolar não se reflete em vantagem, pois sua durabilidade é bem inferior em relação aos outros materiais, portanto, a longo prazo acaba sendo até mais caro.

 

Para REDUÇÃO DE CALOR NO AMBIENTE as opções são o vidro laminado refletivo linha Habitat e o ACM (alumínio composto), porém o vidro Habitat bloqueia apenas entre 15 e 20% da luz natural, já o ACM não permite a passagem desta claridade natural, embora possamos ter um módulo móvel que permita a passagem da luz, cabe uma reflexão sobre as suas necessidades na hora da escolha. O vidro laminado incolor e o policarbonato aumentam a temperatura ao invés de reduzir, mas o vidro laminado incolor ainda permite o uso futuro de uma película de redução de calor, fato que o policarbonato não permite.